CITY TOUR = São Lourenço do Sul/RS

 

Neste City Tour trouxemos para você uma aventura pela bela São Lourenço do Sul, cidade encantadora que margeia o sudeste da Lagoa dos Patos, no Rio Grande do Sul. Vamos saber um pouco mais sobre esse lugar?

A cidade tem sua origem com a doação de terras pela coroa portuguesa aos militares açorianos que lutaram contra os espanhóis durante o Brasil colônia, com objetivo da exploração pecuária na área.

Por todo o sul do país se estabeleceram naquelas épocas grandes latifúndios, em cujas sedes costumavam ser construídas capelas em homenagem ao santo de devoção de cada família. Foi dessa maneira que se formou a cidade de São Lourenço.

São Lourenço fica praticamente colada a BR-116 e tem uma população bastante razoável, contando com aproximadamente 50 mil habitantes, o que a torna estrategicamente importante na região.

Junto da área urbana do município o pequeno porto, construído na foz do Arroio São Lourenço, ainda deixa sua marca registrada como sempre o fez ao longo da história.

Foi graças ao seu crescimento que houve o fortalecimento do comércio e da exportação de produtos agrícolas de toda a região, e tem mais: O porto também serviu como base fixa a Giuseppe Gabibaldi e sua pequena esquadra, durante a Revolução Farroupilha.

Como o escoamento de alimentos no passado era feito principalmente por hidrovias, São Lourenço dominou a produção de batatas em toda a América do Sul durante o século 19 e parte do século 20, passando daí em diante a perder espaço para as rodovias que começavam a existir.

Da mesma forma, a imigração cada vez mais constante na região fez com que o protestantismo passasse a igualar em número de fiéis com os católicos e,  no último censo até a superou. No entanto hodiernamente ambas as denominações religiosas guardam para si quase 90% da população.

Por falar em imigração, a segunda língua mais falada na cidade é o “pomerano”, oriundo da Pomerânia, região entre a Polônia e a Alemanha e pátria de muitos moradores de São Lourenço desde 1859, Descendentes e conterrâneos de Henrick Leitzke, de Belgard, tido como o pioneiro na imigração ainda vivem por lá.

A cidade tem atrativos tanto para o turista que deseja emoção e aventura, como para aqueles que buscam tranquilidade de uma cidadezinha interiorana, sem dispensarem a boa estrutura comercial que a São Lourenço dispõe.

Os esportes aquáticos de todas as modalidades pululam na grande lagoa, que não só oferece infinitos espaços para qualquer atividade náutica, como tem 100% de suas águas protegidas, o que facilita sobremaneira a navegação para qualquer tipo de embarcação. Um passeio tranquilo numa escuna ou cheio de diversão e adrenalina a grandes velocidades numa lancha potente ou jet-sky, serão sempre opções naturais do lugar.

Caminho Pomerano

Já para os adeptos das trilhas, caminhadas, cavalgadas e passeios culturais, a pedida está na área rural da cidade, inclusive no caminho pomerano, onde o visitante poderá conhecer e aprender um pouco mais sobre esse povo que lá vive.

Para quem gosta da praia aqui vai uma informação importante. A área central da cidade é servida por três lindas praias, que podem ser acessadas a pé pelo visitante: A Praia das Ondinas, Junto a foz do Arroio São Lourenço; a Praia das Nereidas, colada a primeira; e a Praia da Barrinha, ao norte das duas, mas também junto da cidade.

Mas as coisas não ficam só nisso. Curtir uma bela praia, sem o inconveniente do sal depositado no corpo depois dos mergulhos, não é coisa que se vê em todo lugar e é quase exclusividade da Costa Doce, como é carinhosamente chamada toda a orla da Lagoa dos Patos, que é composta por água doce.

Outro atrativo dessas praias é a tranquilidade: Mesmo sem as ondas que possam nos colocar em alerta, principalmente quando temos crianças conosco, podemos dar ao luxo de perdermos o horizonte de vista de tanta água a nossa frente.

Já ouviram a frase “sombra e água fresca”? Sim, essa é outra características das praias de São Lourenço do Sul, que tem em seus balneários públicos muitas árvores frondosas que são os “points” naturais em dia de sol forte.

São exatos 200kms a distancia entre a cidade e Porto Alegre e São Lourenço. No percurso, mais de 96% do trajeto será rodado pela BR-116 até seu km 495, quando o viajante deverá entrar a esquerda, na confluência com a RS-265 (Alameda João Batista Brauner). Para aqueles que quiserem conhecer a cidade a dica é ir sem pressa, já que São Lourenço oferece um bom serviço hoteleiro e restaurantes que atendem bem aos visitantes.

Em nossa viagem não perdemos tempo e fomos direto na Praia das Ondinas. Lá curtimos a brisa suave do imenso mar doce da Lagoa dos Patos e, se não déssemos conta que tínhamos que completar nosso projeto de abraçar a Lagoa, certamente por lá ficaríamos mais tempo.

Depois de tomarmos um lanche e um gostoso suco de frutas na beira da Lagoa, rumamos de pronto para a próxima e última cidade que visitaríamos nesta primeira parte do nosso projeto, que abrangeria a costa oeste da grande lagoa cortada pela BR-116. 


Acompanhe todo o percurso em volta da Grande Lagoa e nas cidades que por ela são banhadas, nos links abaixo relacionados.

Gostou da matéria? faça um comentário e envie-a aos seus amigos; Não gostou? envie-nos suas críticas ou sugestões, estaremos prontos para atende-los. 

VEJA TODAS AS MATÉRIAS RELACIONADAS COM ESTA

      

                                    

          

 


CRÉDITOS


Texto e Edição: Marcos Duarte     

TODAS sa fotos deste projeto = AQUI

conheça também:

VIDEOS YOUTUBE

FOTOS DO FLICKR

FOTOS 360º  

Deixe um comentário

comentários

Jornalista, advogado e editor do Portal D Moto, já foi colaborador da Revista Moto Adventure e do Portal Damas Aladas, trazendo imagens e textos dos mais diversos segmentos do motociclismo, já que pilota há mais 44 anos.

Deixe um comentário